BIOGRAFIA

Odeith nasceu em 1976, na Damaia (Portugal). Teve, pela primeira vez, nas mãos uma lata de spray em meados dos anos de 1980, mas foi na década seguinte, quando o graffiti se começou a disseminar em Portugal e a surgir fora do seu berço Carcavelos que teve o primeiro contato com o graffiti e com o movimento que se iniciava. As suas primeiras experiências foram realizadas na rua e em linhas de comboio e, desta forma, a paixão que sempre tinha mostrado pelo desenho encontrou um novo sentido e pôde começar a desenvolver-se. Passado pouco tempo, surgiram oportunidades para pintar grandes murais na Damaia, em Carcavelos e em diversos bairros sociais, entre os quais, a Cova da Moura, o 6 de Maio e Santa Filomena.

Desde cedo, revelou um interesse especial pela perspetiva e pela sombra, num estilo obscuro que veio a designar “3D sombrio”, onde as composições, quer fossem paisagens ou retratos, mensagens ou homenagens, se destacavam pelo seu realismo e técnica.

Foi, em 2005, reconhecido, a nível internacional, pelas inovadoras incursões na chamada  anamorphic art, onde se destacou pelas composições criadas em perspetiva pintadas em diferentes superfícies, como esquinas de 90º ou da parede para o chão, criando um efeito de ilusão óptica.

Em 2008. decide encerrar as portas do seu estúdio de tatuagens (inaugurado em 1999), para ir trabalhar para Londres.

Atualmente, de regresso a Lisboa, assumiu a pintura como atividade principal, tendo criado murais para empresas nacionais e internacionais como a London Shell, a Kingsmill, o Sport Lisboa e Benfica, a Coca-Cola, a Estradas de Portugal, a Samsung, a Câmara Municipal de Lisboa, a Câmara Municipal de Oeiras, entre outras.

Entre os eventos em que participou, destacam-se: Meeting of Styles (Alemanha), Museum of Public Art (Louisiana, EUA), MuBE – Museu Brasileiro da Escultura (São Paulo, Brasil), 1ª Bienal del Sur (Panamá), 2º Aniversário do Museu Coleção Berardo, entre outras.

+info:
www.odeith.com