MISSÃO

Reconhecer o Barreiro enquanto Pólo artístico e cultural de relevo no circuito nacional de Arte Pública.

OBJETIVOS

  • Associar a imagem da Cidade à arte urbana de qualidade e consequentemente conotar o Barreiro enquanto Cidade Criativa;
  • Execução de projetos de intervenção urbana, enquanto obras abertas, elaboradas por artistas/designers locais e de reconhecido valor nacional/internacional que contribuam para a redefinição do espaço público, dotando a cidade de novos significados e definindo-a como um lugar de diálogo, levando as pessoas a refletir e interagir sobre determinadas problemáticas atuais que se quer dar ênfase;
  • Tornar o espaço urbano enquanto palco destas intervenções criativas, e com o intuito de compreender a explanação da herança histórica da cidade;
  • Promover o contato e a comunicação, experiências sensoriais, encorajar a interação e tornar as pessoas atores em vez de audiência;
  • As intervenções urbanas são então um convite à experimentação da cidade, lugar de luta política e social, estimulando o rompimento da rigidez e a estaticidade dos elementos que dificultam a interação da comunidade com o espaço;
  • Este espaço passa a ser o espaço “positivo” e não o espaço negativo entre edifícios, passando a ser pensado como algo essencial para a qualidade e sustentabilidade da vida urbana;
  • Desenvolver projetos relacionais, relações entre artista-espectador-contexto, onde o público é incitado a agir e participar.

PONTENCIALIDADES

Vertente cultural

  • Expressão privilegiada da cultura urbana contemporânea;
  • Reflexão acerca da origem e importância da Street Art, enquanto expressão atual de um pensamento e uma ação na Cidade;
  • O pensamento contemporâneo, atento às grandes mudanças no cenário da urbe;
  • Alocar a cidade do Barreiro no circuito de arte urbana/pública nacional;
  • Promover artistas locais e nacionais;
  • Criar galerias a céu aberto;
  • Associar a imagem do Barreiro à assinatura “Barreiro Memória e Futuro” e enquanto cidade criativa;
  • Criação de novos públicos.

Vertente Social

  • Aproximar a arte da comunidade;
  • Despoletar sentido de pertença e orgulho na cidade;
  • Desenvolver projetos de arte colaborativa (envolver locais);
  • Combater o vandalismo nos edifícios;
  • Converter a imagem da arte urbana num espaço positivo;
  • Maior aproximação da linguagem das ruas e da cultura às pessoas;

Vertente Desenvolvimento Económico através do Turismo

  • Valorizar os locais e consequentemente apelar ao investimento;
  • Alocar a cidade do Barreiro no circuito de arte urbana/pública nacional;
  • Atrair diferentes segmentos de públicos;
  • Novo valor acrescentado para o património cultural e urbano.

Vertente Urbanística

  • Combater a degradação da cidade através da arte;
  • Aliar projeto à estratégia de requalificação/ reabilitação da cidade.

Vertente comunicacional

  • Recolha fotográfica de arte urbana/pública na cidade e criar um acervo visual digital;
  • Credibilizar a prática da arte urbana junto da comunidade e organismos institucionais do município;
  • Sensibilizar a população do município e órgãos institucionais para a existência destes registos e dos seus autores;
  • Atrair turismo cultural ao concelho;
  • Mobilizar os organismos locais para a dinamização de atividades associadas à arte urbana/pública;
  • Utilizar a comunicação digital para reposicionar o município nos circuitos artístico-culturais nacionais e internacionais.

Promotor Do Projeto

A Câmara Municipal do Barreiro lançou o desafio à A.D.A.O. para que em conjunto desenhassem um projeto que enaltece a arte pública na cidade e se manifesta de forma a envolver a comunidade local, artistas locais e nacionais com forte incidência nas zonas antigas da cidade.

Este projeto terá como “pano de fundo” o património imaterial que se reflete nas pessoas e na história do Barreiro, permitindo assim dar a conhecer a memória coletiva através da arte acessível a todos.

Co-Promotor Do Projeto

A.D.A.O. – Associação de Desenvolvimento de Artes e Ofícios, vai desempenhar todo o processo de curadoria, organização de eventos, nomeadamente Jam’s, Workshops, Palestras e Masterclasses de forma a obter uma maior aproximação do público com o evento.